Estado reforça segurança na fronteira e esquece de Taquarussu e Novo Horizonte do Sul

 
Fazendo parte da sub-região XIII, que engloba as cidades de Caarapó, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Douradina, Dourados, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Itaporã, Jateí, Laguna Carapã, Maracaju, Novo Horizonte do Sul, Rio Brilhante, Sidrolândia, Taquarussu e Vicentina no Estado de Mato Grosso do Sul, o governo do Estado deixou Taquarussu e Novo Horizonte do Sul de fora para receber viaturas do programa Ministério da Justiça através da etapa II do programa Enafron (Estratégia Nacional de Fronteiras), da Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública) e também do Governo do Estado, via Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) que fazem parte da faixa de fronteira.
 
 Ao todo foram investidos R$ 20 milhões em veículos, armas, sendo 1.081 pistolas e 90 submetralhadoras, 178 computadores, mobiliários, sistema radiográfico computadorizado e equipamentos que contemplam 22 dos 44 municípios sul-matogrossenses que fazem fronteira com a Bolívia e o Paraguai, beneficiando mais de 1 milhão de habitantes.
 
 Distribuição de viaturas
 
Foram contemplados os municípios de Aquidauana, com 4 viaturas, Dourados com 27 viaturas, sendo 23 delas para o DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira), Fátima do Sul, 4 viaturas, Jardim, 3 viaturas, Maracaju e Vista Alegre, 4 viaturas, Naviraí e Jacareí, 7 viaturas, Ponta Porã, 5 viaturas, Corumbá, 4 viaturas, Antônio João, 1 viatura, Aral Moreira, 1 viatura, Bela Vista, 1 viatura, Caracol e Alto Caracol, 2 viaturas, Coronel Sapucaia, 1 viatura, Japorã, 1 viatura, Porto Murtinho, 2 viaturas, Sete Quedas, 1viatura, Paranhos, 2 viaturas, Mundo Novo 3 viaturas, Bonito, 1 viatura, Nioaque, 2 viaturas, Glória de Dourados, 1 viatura, Miranda, 1 viatura.
 
 Ao todo são 78 viaturas, sendo 6 Siena, 32 Amarok e 40 Ranger. Desse total 61 são viaturas caracterizadas e 17 descaracterizadas.
 
Ontem (6), o governador André Puccinelli autorizou a abertura do processo licitatório para a aquisição de mais 130 viaturas para fortalecer as ações do Estado na área de segurança pública nos municípios que estão fora da faixa de fronteira com o Paraguai e a Bolívia. Os investimentos, da ordem de R$ 10 milhões, vão atender os 35 municípios das regiões norte e leste e Nova Andradina poderá estar nesta contemplação.
As viaturas que deveriam ter vindo para a região do 8º Batalhão de Polícia Militar, com sede em Nova Andradina, ajudaria a frota sucateada que existe em Nova Andradina, onde a criminalidade é maior no Vale do Ivinhema.
 
 
 
A frota existente na sede, muitas delas estão baixadas, às vezes por conserto mínimo, que levam meses para serem arrumados, deixando os policiais com viaturas velhas, que se houver uma perseguição, é perigoso o motor estourar ou a suspensão quebrar, podendo deixar os policiais a pé.
As viaturas ficam mais nos consertos do que nas ruas, hoje, se houver uma operação na cidade, o Batalhão tem que emprestar policiais e viaturas de outras unidades.
 
 
 
 Outro lado
 
A reportagem tentou falar com o coronel Geraldo Garcia Orti, que segundo a Sejusp, seria o responsável pelas distribuições das viaturas nos municípios, mas a sua assessoria informou que esta em viagem.
 
Fonte: Da Redação e Imagens: Jornal da Nova
 
Everton Baile
Novo Horizonte do Sul, Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

Publicidades

 

 

Contador de Visitas

2671969
Hoje
Ontem
Esta semana
Semana passada
Este mes
Mes passado
Total
8448
8084
25028
2579521
208526
265047
2671969

Seu IP: 54.205.98.35
Data/horar: 2014-10-22 23:14:50